Abrir os olhos até ao branco

ABRIR OS OLHOS

ATÉ AO BRANCO

Miguel Curado

“Poesia, porquê?
Porque sim.
A minha vida nunca teve grande explicação.
A não ser em determinados momentos,
quando o planeado deu frutos,
as coisas foram acontecendo.
E a poesia aconteceu.
Faz-me sentir bem, realizado,
capaz de me afirmar noutros planos
que não o do quotidiano diário.
E sinto que consigo isso mesmo.
Criar novos mundos, onde me sinto bem.
Esta é a minha primeira experiência editorial…
É um sonho tornado realidade.”

Miguel Curado

Miguel Pedro Candeias Curado
41 anos
Nascido em Setúbal
Jornalista desde 1999.
Casado e com um filho.
Vive em Lisboa.
Gere o blog

ABRIR OS OLHOS ATÉ AO BRANCO
é o seu primeiro trabalho poético
editado

Contate-nos para adquirir um exemplar
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now