Poiesis 1.jpg

Vivências

Margarida Simbolini

“Da forma particular e pessoal com que
coloca (ou não) a pontuação, ao estilo
vanguardista e até visionário da sua
escrita, Margarida Cimbolini consegue
surpreender-nos a cada linha dos seus
versos!”

João Dordio (do prefácio)

“Um conjunto de VIVÊNCIAS colocadas à
nossa disposição pelo Amor à Poesia e
pelo Amor a tudo, à manifestação mais
ínfima ao nosso alcance (seja por que
sentido percepcionável).”

Francisco de Pina Queiroz (do posfácio)

Margarida Cimbolini nasceu a 9 de maio de 1958 em Lisboa.
Estudou na Escola Primária do Restelo e na Escola Secundária Liceu de Oeiras. Formou-se como Educadora de Infância na Escola Superior de Educação João de Deus. Licenciou-se
em História de Arte na Universidade Autónoma. Neta, sobrinha e filha de poetas e livreiros, viveu sempre no meio das letras. Começou a escrever muito cedo e toda a vida escreveu
poesia, crónicas e contos. Destaque para o seu tio-avô, Alfredo Guisado, contemporâneo
de Fernando Pessoa, cofundador da Revista Orfeu, poeta de destaque participante no grupo Orfeu com várias obras publicadas e considerado hoje um poeta injustiçado
em relação aos seus pares.
Margarida Cimbolini recebeu, em 1975, o conhecimento de PREM RAWT na ASSOCIAÇÃO

DE RAJA YOGA, formação que exerceu durante 8 anos. Casou duas vezes, teve uma filha

do primeiro casamento e um filho do segundo, sendo agora viúva. Frequentou a Escola Lusitânia Feminina de Lisboa, curso que não completou, bem como vários WORKSHOPS sobre astrologia, tarot e ciências esotéricas.
Viajou por toda a Europa e América tendo vivido em França, Bélgica e Amsterdão, onde desenvolveu a atividade de Antiguidades e obras de arte, atividade essa que ainda mantém.
Realizou exposições de Antiguidades e de Arte por todo o país como empresária na empresa Linho-e-Velho, fundada em 1992 com sede em Linda-a-Velha e com várias lojas

em Lisboa com o mesmo nome. No ano de 2010 começou a publicar nas redes sociais onde
recebeu várias menções honrosas.
Pertence a 760 grupos de poesia onde publica regularmente. Participou em mais de 30 Antologias Poéticas, bem como em várias tertúlias literárias e debates sobre literatura, poesia e obras de arte. Publicou um livro com o titulo “Cartas de Amor”, apresentado pelo professor Francisco Queiroz, e que esgotou rapidamente, estando já na 3ª edição com algumas modificações.
Foi consultora no museu Bordalo Pinheiro, em Lisboa, atividade que manteve até 2013.
Possui dois blogues (“Mar de Verdes Versos” e “A Cor do Vento”), com cerca de 1800 poemas.
Neste momento dedica-se à escrita e ao comércio, avaliação e restauro de Antiguidades

e obras de arte.

Contate-nos para adquirir um exemplar
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now